Saco doMAMANGUA REDUTO CAIÇARA 

O Saco do Mamangua é um Paraíso escondido de Paraty, com acesso via barco esse braço de mar é uma verdadeira imersão nas raízes tradicionais caiçaras e a mais preservada diversidade natural.                           Considerado o único fiorde tropicalizado do mundo, essa entrada de mar tem 8 KM de extensão, possui 33 praias e oito tradicionais comunidades caiçara, que se faz muito presente na cultura e rico trabalho artesanal, como o de confecção de barquinhos de madeira da tradicionais comunidades e comercializados no centro histórico.                                                                                      A diversidade de aves, plantas, arvores e flores realmente é impressionante, suas trilhas e opções de passeios estão entre as mais bonitos de Paraty, como a bela vista do pico do Pão de Açúcar que atrai amantes do Trekking de todos os lugares do mundo, compensando a íngreme subida.

O MANGUEZAL 

Berçário da vida o Saco do Mamangua esconde no fundo de sua profunda extensão uma maravilhosa área de mangue, região muito preservada, possibilitando avistamento de aves e flora únicas da região.                                                                                 O acesso aomangue com embarcações motorizadas destroem a vida existente no local, por isso somente o acesso com barcos a remo são permitidos.                 A cachoeira da região é um presente aos que se submetem a trilha refrescando a volta até a praia. 

 

hERANÇA CULTURAL

AS MÃOS QUE CONSTROEM E FAZEM HISTORIA.

A Forte cultura artesã de Paraty vendidas no seu centro histórico são produzidas em varias regiões como é o caso dos barquinhos de madeira do Saco do Mamanga, O senhor Preá é um simpático artesão local, foi pescador durante sua vida toda, contador de muitas historias locais, ele nasceu no Saco do Mamangua, nativo deste paraíso, é um talentoso artista com alma caiçara da quelas figuras que são simbolo do local, generoso e gentil trabalha talentosamente na construção de barcos, remos, adornos e luminárias. Vida longa os caiçaras !!!!! 

MAMANGUÁ - PAULO NOGARA.

Grande contribuição cultural desse paraíso é o livro Mamangua Berçario Marinho e reduto tradicional de caiçaras.

"Abordando a urgência na conservação deste patrimônio natural, este criterioso livro do biólogo Paulo Nogara tem a finalidade de sensibilizar a sociedade para esta questão e preservar a rica memória sócio-cultural da região. Com prefácio do ambientalista Carlos Minc e ilustrado com belas imagens de Araquém Alcântara, o livro, dividido em sete capítulos, abre espaço para que renomados especialistas tratem com merecida relevância o universo da região em textos de leitura agradável e de grande qualidade editorial."

Vale muito a leitura e para quem visitar o Saco doMamangua é possível fazer apreciação desse livro no restaurante da praia do Cruzeiro.

AGÊNCIA DE TURISMO

EXPERIÊNCIAS TURÍSTICAS